Disfunção eréctil: Remédios da avó

Por Equipa de redacção em

Disfunção eréctil: Remédios da avó

A disfunção eréctil afecta cerca de 322 milhões de homens em todo o mundo; contudo, este número deve ser ajustado para cima porque muitos pacientes não consultam um especialista ou esperam vários anos antes de o fazerem. Este breve guia quer levar o leitor à descoberta desta desordem, debruçando-se em particular sobre as causas e os remédios da avó.

O que é a disfunção eréctil?

A disfunção eréctil é uma doença cada vez mais comum nos homens entre os 50 e 60 anos: não é uma doença real, mas pode muitas vezes ser considerada o sino de alarme de algo digno de testes de diagnóstico (doenças cardiovasculares, diabetes, doenças neurológicas e síndromes metabólicas).

A disfunção eréctil pode ser traduzida, em poucas palavras simples, como a dificuldade em ter e manter uma erecção adequada do pénis durante as relações sexuais; erecções matinais espontâneas fracas são, pelo contrário, atribuíveis a uma desordem orgânica.

Quais são as causas da disfunção eréctil?

As causas da disfunção eréctil são muitas e podem ser resumidas como se segue.

– Diabetes mellitus.
– Níveis elevados de colesterol.
– Obesidade.
– Insuficiência cardíaca.
– Tensão arterial elevada
– Baixos níveis de testosterona.
– Aumento da prolactina (na presença de um desejo sexual reduzido).
– Traumatismo da coluna vertebral.
– Cirurgia de próstata mal sucedida.
– Esclerose múltipla.
– ALS.
– Doença de Parkinson.
– Doença de Alzheimer.
– Fumar cigarros.
– Abuso do álcool.
– Vida sedentária.
– Ansiedade.
– Depressão.

LEIA MAIS  Prostatite e Disfunção Erétil: Causas e Remédios

Quais são os remédios da avó para tratar a disfunção eréctil?

Os remédios da avó, muitas vezes subestimados, são uma excelente alternativa às terapias medicamentosas tradicionais porque dão resultados realmente excelentes sem o risco de se depararem com efeitos secundários irritantes.
Vejamos, portanto, o que pode ser feito para melhorar a erecção peniana.

Modificar o seu estilo de vida: a disfunção eréctil pode ser resolvida, como confirmado por numerosos estudos realizados em Harvard, através de mudanças substanciais na dieta seguida. Uma dieta correcta promove a circulação e o fluxo sanguíneo para os genitais masculinos.

Cada refeição deve incluir todos os nutrientes (hidratos de carbono, proteínas, fibras, boas gorduras e vitaminas); também é aconselhável monitorizar os níveis de açúcar no sangue ao longo do tempo (um excesso de açúcar pode alterar os níveis de dopamina com repercussões na erecção).

Finalmente, levar um estilo de vida saudável e dinâmico (a actividade física reduz o risco de desenvolver disfunção eréctil numa percentagem de cerca de 41%): o movimento promove a libertação de endorfinas resultando numa percepção de um estado de bem-estar e serenidade (uma corrida de 30 minutos é perfeita porque estimula a produção de testosterona).

Aumente o seu consumo de alimentos afrodisíacos: dê luz verde ao abacate, malagueta, moluscos, amêndoas e espargos. Aumentar também as porções de alimentos ricos em bioflavonóides (frutos vermelhos).

Reduzir o consumo de bebidas alcoólicas e o tabagismo: ambos os vícios minam a circulação sanguínea com sérias repercussões no fluxo de sangue para os órgãos. A nicotina causa, em particular, um deficiente fornecimento de sangue ao pénis, afectando assim a erecção; há também uma oxigenação inadequada dos tecidos e pouca resistência durante as relações sexuais.

LEIA MAIS  Perda de erecção quando se usa preservativo: Conselhos?

Perder os quilos extra: seguir uma dieta saudável, exercitar-se constantemente, reduzir o consumo de bebidas gaseificadas (contêm altos níveis de açúcar) e evitar a comida de plástico.

Relaxar: stress, ansiedade e preocupações podem reduzir a erecção do órgão sexual masculino. Aromaterapia, Pilates e yoga podem ajudar a mente e o corpo a relaxar, dando assim aos homens um estado de bem-estar que melhora o seu desempenho. As flores de Bach mais indicadas são o larício (complexos de inferioridade), Elmimulus (ansiedade de desempenho) e Hormbean (mau sentido de libido).

Dormir pelo menos 8 horas por noite: o descanso nocturno é essencial para aumentar os níveis de testosterona e assim melhorar a actividade sexual.

Beba um chá de ervas relaxante: uma bebida quente feita com bálsamo de limão, flor de paixão, espinheiro e valeriana pode melhorar o desempenho (é aconselhável tomá-la uma hora antes das relações sexuais).

Alho: este vegetal tem importantes propriedades anticoagulantes com consequente melhoria da circulação sanguínea; o seu pressuposto promove assim o fluxo de sangue na correspondência dos corpos cavernosos.

Gema de ovo: é aconselhável ingerir duas gemas com bastante açúcar a fim de fornecer energia ao corpo e promover uma melhor erecção.

Maca: esta raiz, mais conhecida como ginseng peruano, é um importante vasodilatador que ajuda a manter uma erecção por mais tempo. Os seus ingredientes activos também estimulam a produção de testosterona, o que aumenta o desejo sexual.

Tribulus Terrestris: esta planta favorece a dilatação dos vasos sanguíneos, melhorando a circulação sanguínea e a consequente erecção do órgão sexual masculino.

Chá de mosto de São João: deitar 10 gramas de erva fresca num copo de água quente; deixar infundir durante cerca de 3 minutos e filtrar. Tomar a bebida 3 vezes por dia, pelo menos 20 minutos antes das refeições principais.

LEIA MAIS  Prostatite e Disfunção Erétil: Causas e Remédios

Chá de Gingseng com mel: tomar a bebida 3 vezes por dia durante pelo menos dois meses. Parar o tratamento durante alguns dias antes de iniciar um segundo curso.

Treino do pavimento pélvico: os músculos localizados nesta área promovem uma erecção duradoura do pénis porque, ao pressionar contra a veia, impedem o sangue de fluir. O exercício desta área melhora o desempenho sexual e por esta razão recomenda-se a realização de exercícios de Kegel: encontrar o pavimento pélvico contraindo os músculos que param de urinar, contrair e libertar estes músculos por 8 vezes (realizar pelo menos 4 séries); repetir as sequências uma vez por dia.

Alternativas aos remédios da avó

No mercado existem bons produtos, tais como suplementos alimentares como Eretron Aktiv, Member XXL, ou mesmo cremes como Expansil Creme, que graças aos ingredientes naturais podem ser muito eficazes para uma boa erecção.

Suplementos dietéticos

eretron aktiv

Member XXL

Expansil Cream

Categorias: Blog